E a comunicação interna?

Comunicação interna pode ser inovadora e criativa

Muitas empresas se queixam de que a comunicação interna tem baixo impacto. Na maioria delas, os e-mails enviados pela área de RH sequer são abertos. Ainda temos muitas empresas que gastam dinheiro com murais, panfletos, folhetos, jornais internos e até o velho método do “deixa que eu falo”, quando o chefe reúne a equipe e distribui comandos sem deixar nada daquilo registrado ou documentado.

O mundo da comunicação mudou muito e as empresas ainda se comunicam com seus empregados como no século passado. É preciso colocar as novas ferramentas de comunicação a serviço da comunicação interna e isso inclui blogs corporativos, vídeos motivacionais para os aplicativos de comunicação direta (Telegram, Signal e WhatsApp) e até grupos corporativos de aprendizagem, com acesso a palestras e treinamentos virtuais.

Tudo isso já é realidade hoje em dia e segue pouco ou nada explorado pelas empresas, que preferem continuar reclamando que os empregados não abrem os e-mails. Quer saber como mudar isso?

[wpforms id=”154″]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *